Encontros do Portal Guarakessaba

Os encontros do Portal Guarakessaba ocorrem mensalmente, e a partir de outubro/2019 passaram a contar com a coordenação do IAMUQUE. O objetivo é discutir temas de interesse comum, além de dar sequência a ações iniciadas em reuniões anteriores. Para detalhes dos encontros, clique abaixo:

– Iniciada agenda de trabalhos do Portal Guarakessaba sob coordenação do IAMUQUE (23/10/19)

 

Sobre o Portal Guarakessaba

– neste Portal estão algumas das melhores áreas de Mata Atlântica de toda a Grande Reserva
– encontra-se na primeira cidade do Paraná, um dos primeiros pontos alcançados pelos portugueses durante a colonização
– a cidade mantém suas características originais, com seu casario antigo e praça central de frente para a baía
– mantém a cultura caiçara, observada nos barcos tradicionais ou nas rodas de Fandango – manifestação típica, reconhecida pelo IPHAN como Patrimônio Imaterial da Humanidade
– possui várias comunidades, algumas com tradicional população quilombola
– possui áreas protegidas privadas como a Reserva Natural Salto Morato e a Reserva Ecológica Sebuí, com boa infraestrutura aos visitantes
– é um dos portais de acesso à Grande Reserva Mata Atlântica (GRMA)
– faz parte da Rede de Portais da GRMA

Conheça mais sobre o Portal Guarakessaba clicando aqui

 

Sobre a Grande Reserva Mata Atlântica (GRMA)

– é um grande corredor ecológico entre os estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina
– uma área de rara beleza que abriga o maior trecho contínuo remanescente de Mata Atlântica (1.8 milhão de hectares)
– apresenta grande diversidade de ambientes e espécies da fauna e da flora
– possui grande riqueza cultural

Conheça mais sobre a GRMA clicando aqui

 

Sobre os portais de acesso à GRMA

– São “Portas de entrada imaginárias”, representando regiões distintas através das quais o visitante poderá ter acesso à GRMA
– Compreendidos pelo conjunto de atrações histórico-culturais e naturais da região em que estão inseridos, podendo envolver mais de uma cidade

 

Sobre a Rede de Portais da GRMA

– constituída por instituições públicas, empresas privadas, organizações da sociedade civil e indivíduos que atuam para divulgar e promover o desenvolvimento turístico sustentável na região da GRMA
– atua em Rede, horizontalmente, sem níveis hierárquicos. São organizações e indivíduos que se articulam em um processo colaborativo para atingir objetivos comuns: a divulgação e a promoção do desenvolvimento turístico sustentável na GRMA
– não tem dirigentes ou porta-vozes. As deliberações, quando necessárias, serão tomadas em reuniões coletivas em que se buscará sempre o consenso
– é regida pela Carta de Princípios da Rede de Portais da Grande Reserva Mata Atlântica (clique aqui)

 

Mapa-Serra-do-Mar-Lagamar-Folder imagem rede portais GRMA - contextualizada com novos nomes

 

Mapa GRMA 2 remanescente Mata Atlântica portugues


Leave a Reply

Your email address will not be published.


sete − 1 =